Ester Farias de Oliveira

Momentos e Movimentos, Lúcidos Pensamentos

Textos


Olho as montanhas revestidas,
Lindamente esverdeardas.
As nuvens dançam e vejo frestas.
O sol aquece mas não queima.
Não vejo, mas sinto Deus.
Vejo além das montanhas.
E sinto nas profundezas.
Queria que todos sentissem.
O amor de Deus é tão real.
Minhas lágrimas confirmam.
São gotas de alegria do sentir.
Do saber que Ele existe, pois sinto.
Lamento por aqueles que não sentem.
A felicidade que sinto agora é essa:
de ver essa paisagem tão linda;
de sentir a presença perfumada;
de perceber o abraço deste Ser.
Tão magnífico e amoroso.
Sim! Sinto e exemplifico:
Quando respiro e arrepio;
Homenageio em adoração;
e, então, declaro o meu amor.
É assim  que eu também sinto.
Lamento por tantos que não sentem.

 
Ester Farias de Oliveira
Enviado por Ester Farias de Oliveira em 30/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras