Ester Farias de Oliveira

Momentos e Movimentos, Lúcidos Pensamentos

Textos


AMOR DE UM MORTAL
(Ester Farias de Oliveira)



Acaso alguma chance de um arcanjo ver meu amor,
Sinalizaria para que pudesse no cosmo expandir.
Meus pensamentos desabrochariam como uma flor.
Energia nesta minúscula centelha que estou a repetir.

Nesse infindo universo, meu mundo é tão pequeno.
Então sobrevivo nestes sentimentos mesquinhos...
Minha alma chora querendo estancar tanto veneno.
Ó Santo! Queima e destrua todos esses espinhos.

Minha finita mente mortal tão frágil e prepotente,
Sonhando poder expressar em dimensão moroncial,
Tentando potencializar esse amor tão impotente.

O amor mortal dentro de mim assim tão latejante.
No infinito cosmo é apenas semente de mostarda.
Evolução desejada nessa minha ansiedade ofegante.


 
(efo)
Ester Farias de Oliveira
Enviado por Ester Farias de Oliveira em 27/06/2014
Alterado em 04/07/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras